Por  Equipe Comex do Brasil  – 3 de setembro de 2020

Última atualização: 3 de setembro de 2020 – 08:49

São Paulo – Para apoiar as empresas nacionais que já exportam ou que querem exportar, o Projeto Brasil Sweets and Snacks, programa de estímulo às exportações da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), lançou um manual com orientação detalhada sobre todo o processo de vendas ao exterior.

A cartilha pode ser acessada em formato digital ou impresso e traz orientações completas e detalhadas para o desenvolvimento da capacitação exportadora das empresas. A venda de produtos ao exterior, especialmente para mercados maduros, oferece pelo menos seis benefícios às empresas, segundo a Abicab.

São eles: diversificação e aumento de mercados e clientes; ganho de know-how internacional; melhoria na gestão e operação; antecipação à concorrência internacional; diminuição de capacidade ociosa; e ganho de posicionamento e diferenciação quando a marca se tornar produto tipo exportação.

“Entre as vantagens mais notáveis de se lançar no mercado internacional está o ganho de competitividade e de conhecimento de tendências e inovações que permite agregar valor à marca”, avalia Ubiracy Fonsêca, presidente da Abicab. “Além disso, por definição, a entrada em mercados externos significa aumentar o mercado para os produtos da empresa. Essa combinação de fatores torna indispensável que a Abicab coloque à disposição das empresas esse manual detalhado sobre como exportar”, acrescenta.

Parte do programa de capacitação de exportadores do setor de confectionery, a cartilha foi dividida em seções de acordo com o estágio de cada empresa no processo de expansão internacional. Ao final de cada seção, um checklist que é acessado pelo portal do Brasil Sweets and Snacks, permite que as empresas possam verificar qual sua classificação de maturidade exportadora segundo os critérios do projeto e avançar no processo.

Criado em 1998, o projeto Brasil Sweets and Snacks oferece uma série de serviços aos seus participantes como apoio em feiras internacionais, assessoria de imprensa internacional, levantamento de informações estratégicas de mercado, missões comerciais e ações de capacitação, sempre visando ao aumento da competitividade da indústria.

Atualmente, 57 empresas participam da iniciativa, que tem possibilitado manter a forte atuação do Brasil em todos os continentes, com alcance de 172 países, em 2019, e crescimento de 30% em valor de produtos exportados nos últimos seis anos. Empresas interessadas em participar do projeto podem se informar sobre os detalhes para a adesão no site da iniciativa.

Acesse a cartilha pelo link: https://www.brasilsns.org.br/evento/manual-para-desenvolvimento-da-maturidade-exportadora/

(*) Com informações da Apex-Brasil

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *